Chuva causa transtorno na madrugada paulistana

A chuva que durou um pouco mais de uma hora provocou diversos transtornos, nesta madrugada, em São Paulo e na região metropolitana. Várias casas foram invadidas pela água. As regiões Norte e Leste da capital foram as mais atingidas. A marginal do Rio Tietê ficou alagada em vários pontos, causando trechos de congestionamento. Na Avenida Guarulhos, no limite entre os municípios de Guarulhos e São Paulo, a água bloqueou o tráfego. Um ônibus da Viação Passaredo ficou ilhado. No veículo, estava apenas o motorista. Na zona leste, a Avenida Aricanduva também ficou com vários pontos de alagamento. Na mesma região, a laje de uma casa na Rua Cachoeira Caruguaçu, no Jardim Romano, desabou. Quatro pessoas ficaram feridas sem gravidade. Ainda na zona Leste, no bairro do Jardim Noemia, a água invadiu várias casas. Um dos moradores do bairro disse que o problema é antigo e que não precisa chover muito para que ocorram alagamentos. A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) registrou na cidade de São Paulo, 18 pontos de alagamento nesta madrugada, sendo 10 intransitáveis.

Agencia Estado,

21 de março de 2002 | 04h24

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.