Chuva causa transtornos e deixa criança ferida em Uberlândia

Muro desaba e cai sobre criança de 12 anos, que fratura o pé; previsão é de chuva mais fraca nesta terça

Solange Spigliatti, do estadao.com.br,

13 de novembro de 2007 | 09h34

A forte chuva que caiu em Uberlândia, Minas Gerais, na noite de segunda-feira, 12, deixou muitos estragos e uma criança ferida. A chuva começou por volta das 20h30 e durou duas horas. Devido à chuva, uma criança de 12 anos ficou ferida após a queda de um muro. A criança teve fratura no pé e foi levada ao hospital.   Nesta terça, o dia amanheceu nublado na cidade, e a previsão é de chuva, mas de menor intensidade. De acordo com informações da Climatempo, o aeroporto de Uberlândia registrou uma rajada de vento de 120 km/h, às 20h43 de segunda, mas pouco antes, às 20h22, o vento chegou a 46 km/h.   Em toda a cidade, foram registrados quatro alagamentos em residências e uma casa ficou destelhada. Outros dois muros caíram e os bombeiros registraram dois desabamentos. Cerca de 85 veículos foram arrastados pelas chuvas e 28 árvores caíram em vias públicas. Em Contagem, a chuva derrubou a estrutura de um posto de gasolina. Em todo o Estado, 895 casas foram danificadas e 21, destruídas.   Desde outubro, as fortes chuvas que atingem Minas Gerais já causaram transtornos a moradores de 16 municípios, de acordo com informações da Agência Brasil. No total, 252 pessoas ficaram desabrigadas, porque tiveram suas casas destruídas, e 363 tiveram procurar outro lugar para morar temporariamente. São Joaquim de Bicas, Central de Minas e Conceição do Rio Verde decretaram situação de emergência.   Texto alterado às 13h22 para acréscimo de informações.

Tudo o que sabemos sobre:
vítimas das chuvaschuvas em MG

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.