Chuva coloca Rio em estado de atenção

Chove forte na capital fluminense desde o começo da manhã

Solange Spigliatti, estadão.com.br

14 Setembro 2011 | 09h04

SÃO PAULO - A cidade do Rio está em estado de atenção por causa da chuva desde as 5h20 da manhã desta quarta-feira, 14. Uma frente fria que passa perto do litoral carioca, trazendo umidade do oceano, provoca fortes chuvas desde o começo da manhã. Por conta da atuação desta frente fria, há previsão de ocorrências de chuvas moderadas ao longo de todo o dia, segundo o Centro de Operações.

 

Devido aos temporais, sete bairros da região da Bacia da Baía de Guanabara entraram em estado de alerta às 7h30. Os bairros nesta situação são Grande Tijuca, Centro, Madureira, Penha, Ilha do Governador, Bangu e Pavuna. O estado de alerta é caracterizado por previsão de chuva forte, podendo causar alagamentos e deslizamentos isolados nas próximas horas. Os demais bairros da cidade estão em estado de atenção desde as 5h20.

Aeroporto. O Santos Dumont suspendeu as operações para pousos e decolagens no começo da manhã em consequência da forte chuva no início da manhã. Às 7h59, o aeroporto reabriu.

 

Segundo a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), por conta do fechamento, cinco voos foram alternados para o Aeroporto Internacional do Galeão. As operações de decolagens foram suspensas às 6h35 e as de pousos às 6h58. Boletim da Infraero mostra que até as 8 horas, três voos haviam sido cancelados e dois registraram atrasos, entre os 27 previstos.

 

Barcas. No começo da manhã, os catamarãs da linha seletiva Charitas operavam com velocidade reduzida, mas com intervalos regulares de 15 min, por conta da baixa visibilidade na Baía de Guanabara.

Atualizada às 9h50

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.