Chuva continua a afetar cidades mineiras. Um bebê morreu

As fortes chuvas que castigam Minas Gerais, desde o dia 15 de dezembro, voltaram a causar morte e destruição na madrugada deste domingo. Uma criança, de um ano e dois meses, morreu depois de ser soterrada na cidade de Mantena, localizada no Vale do Rio Doce. Com isso, já são 15 mortes em decorrência das chuvas no Estado.O recém-nascido Alcino Alves Pimenta estava dormindo com os pais, quando um deslizamento de terra atingiu sua casa. Os pais conseguiram sobreviver. A criança, resgatada pela guarnição da Polícia Militar, foi transferida para o Hospital Evangélico mas não resistiu. Segundo informações da PM, a casa estava localizada em área de risco e o casal já havia sido avisado para deixar a residência. Em Araguari, no Triângulo Mineiro, um temporal destelhou casas e deixou uma pessoa ferida. De acordo com boletim do 5º Distrito de Meteorologia, o tempo instável deve permanecer nas regiões Central, Sul e da Zona da Mata nos próximos dias. Sete pessoas ficaram desalojadas.Com as chuvas da madrugada, o número de desabrigados em Minas passou de 1.325 para 1.698, e o de desalojados chegou a 8.572, segundo a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec).

Agencia Estado,

18 de janeiro de 2004 | 19h11

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.