Chuva dá uma trégua e capital sai do estado de atenção

Dois pontos de alagamento foram registrados no Jaguaré e na Água Branca; CET contabilizou 10 acidentes na cidade

Ricardo Valota, do estadão.com.br,

23 de dezembro de 2010 | 05h12

SÃO PAULO - Entre as 2h30 e as 3h15 desta madrugada de quinta-feira, 23, toda a capital foi retirada do estado de atenção, iniciado à 0h30, em razão de uma chuva de moderada a forte trazida por uma nova área de instabilidade vinda do interior e que entrou na cidade pelos bairros de Perus, Pirituba, Jaraguá e Lapa, regiões oeste e noroeste.

A chuva perdeu intensidade em boa parte da capital e às 4h30 atingia de forma fraca a moderada praticamente toda a região metropolitana. Às 2 horas, o aeroporto internacional de Guarulhos registrou rajadas de vento de 35 km/h. Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), houve poucos pontos de alagamentos.

Dois deles foram registrados no cruzamento entre as avenidas Kenkiti Simomoto e Jaguaré, no Jaguaré, e na rua Turiaçu junto à praça Marrey Júnior, na Água Branca, zona oeste de São Paulo. Até as 4 horas, a CET registrou 10 acidentes na cidade, quatro deles com vítimas e os demais sem feridos. Dois atropelamentos também foram registrados pela companhia.

Tudo o que sabemos sobre:
ChuvasSão Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.