Chuva deixa 120 desabrigados no litoral paranaense

As fortes chuvas que caíram sobre o litoral paranaense durante a noite de sexta-feira deixaram 120 pessoas desabrigadas nos municípios de Matinhos e Guaratuba, onde foram registradas quedas de barreiras, interrupção de travessias sobre a Baía de Guaratuba e alagamentos de rodovias.As famílias atingidas pelas cheias, a maioria moradores locais, foram levadas para as escolas e o ginásio de esportes da região. Os prejuízos ainda não foram calculados e não há previsão de retorno dessas famílias para suas casas. O governo estadual garantiu o envio de recursos, mas somente depois de ter uma avaliação completa dos estragos na região.Uma das áreas mais atingidas foi o centro de Matinhos. No local, os moradores precisaram utilizar barcos para retirar suas coisas de casa. Do lado de Guaratuba, no bairro Caieiras, a Defesa Civil registrou a queda de barreiras, o que deixou a região sem acesso por terra. Além disso, a Estação Morro Velho foi atingida e deixou a cidade sem luz desde as 3 horas da manhã.A família de Roseli Diogo foi uma das prejudicadas pela enchente durante a madrugada. "Ainda dormíamos quando a água subiu e invadiu tudo", afirmou Roseli, que mora em Curitiba e foi a Matinhos passar o final de ano. O serviço de ferry-boat, que faz a ligação entre Matinhos e Guaratuba, cortada pela Baía de Guaratuba, também está com o serviço prejudicado. As estradas de acesso à balsa foram alagadas e não há travessia alternativa disponível.A Polícia Rodoviária orientou os motoristas de Curitiba a não descerem para o litoral, pois as rodovias BR-277 e BR-376 estão perigosas por causa do fluxo da água e há riscos de acidentes. Os ônibus que partiriam de Curitiba em direção ao litoral cancelaram suas viagens no final de semana. O problema pode aumentar neste domingo, quando está previsto o retorno da maioria das pessoas que passou as festas de final de ano no litoral.A rodovia PR-412, Alexandra-Matinhos, principal via de acesso às rodovias principais, está bloqueada em diversos pontos. As enchentes na região não são novidades. No ano passado, Matinhos foi atingida por fortes ventos que provocaram ressacas e praticamente destruíram as residências próximas à orla marítima.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.