Chuva deixa 4 feridos no Rio; em Minas já são 11 mortos

As chuvas que atingem Minas Gerais causaram mais uma morte na madrugada de ontem. Em João Monlevade, João Paulo Bruno, de 21 anos, morreu soterrado com o desmoronamento de um muro sobre a casa onde estava. Em Carmo da Mata, bombeiros localizaram o corpo de um homem de cerca de 60 anos que teve seu veículo arrastado pelas águas do Rio Bela Vista. Segundo a Defesa Civil, 11 pessoas já morreram vítimas das chuvas desde setembro.RIOQuatro pessoas ficaram feridas, entre elas duas crianças, em dois deslizamentos provocados pela chuva na noite de terça-feira na Estrada Grajaú-Jacarepaguá, que vai da zona norte à zona oeste do Rio. A estrada passará dois meses em obras de contenção de encostas. Dois meninos, de 7 e 13 anos, ficaram soterrados sob uma laje e um deles está em estado grave. Mais tarde, dois operários que trabalhavam na contenção também ficaram feridos em um deslizamento. Ontem, a Justiça determinou a demolição de diques irregulares na Lagoa Feia, em Campos. Os diques seriam os responsáveis pelas cheias que deixaram mais de 10 mil desabrigados no fim de novembro.

Eduardo Kattah e Talita Figueiredo, O Estadao de S.Paulo

18 de dezembro de 2008 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.