Chuva deixa 60 mil pessoas sem luz em Curitiba

Uma forte chuva de granizo atingiu hoje a cidade de Curitiba provocando destruição e prejuízos. Cerca de 60 mil pessoas estão sem energia elétrica e a Companhia Paranaense de Energia Elétrica (Copel) informou que a situação só deve voltar ao normal a partir do fim da noite ou do início da madrugada. Várias árvores e postes caíram pela cidade o que prejudicou a rede elétrica.O jogo entre Atlético Paranaense e Corinthians, pelo Campeonato Brasileiro, ficou interrompido por 28 minutos por causa da chuva. Um muro caiu noo Estádio Pinheirão, do Paraná Clube e pode ameaçar a realização do jogo contra o Grêmio durante esta semana. Na avenida onde está o estádio, oito postes caíram em sequência trazendo prejuízos ao trânsito.Dois hospitais interromperam o atendimento. O Hospital Evangélico opera com um sistema de geradores, mas somente nos setores de emergência. O pronto-socorro (PS) foi atingido pela água e parte da área de atendimento foi alagada. No Hospital Cajuru todo o setor do PS ficou alagado e não deve mais funcionar esta noite. Um shopping center teve as calhas obstruídas pelo granizo e pedaços do forro do teto caíram. Não há informações sobre vítimas até o momento, mas houve alagamentos em lojas. Por volta das 17h15 o estabelecimento foi fechado e deve reabrir somente amanhã à tarde.Todas as unidades do Corpo de Bombeiros estão mobilizadas, mas ainda não há números sobre vítimas e desabrigados. As instalações da Rádio CBN em Curitiba ficaram alagadas e a emissora saiu do ar por alguns instantes. Na região metropolitana da cidade também houve problemas. AS informações são da TV Globonews e da Rádio CBN.

Agencia Estado,

06 de julho de 2003 | 20h43

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.