Marcelo Sayao / EFE
Marcelo Sayao / EFE

Chuva deixa o Rio de Janeiro em estado de atenção

Segundo Centro de Operações da Prefeitura, a cidade pode ter chuva forte acompanhada de rajadas de vento

Roberta Jansen, O Estado de S.Paulo

11 de março de 2019 | 09h11

RIO DE JANEIRO - O município do Rio de Janeiro entrou em estágio de atenção às 5h50 desta segunda-feira. De acordo com o Centro de Operações da Prefeitura (COR), núcleos de chuva moderada a forte vindos do oceano estão atuando sobre a capital fluminense, sobretudo na zona oeste.

O estágio de atenção é o segundo nível em uma escala de três e significa a possibilidade de chuva moderada, ocasionalmente forte, nas próximas horas. Segundo o Centro de Operações da Prefeitura, a cidade pode ter chuva muito forte, acompanhada de raios e rajadas de vento. 

Há também aviso de ressaca nas praias para hoje e amanhã. A Marinha informou que as ondas podem atingir 2,5 metros de altura. A orientação da Prefeitura é para que as pessoas permaneçam em lugar seguro e evitem áreas sujeitas a alagamentos e/ou deslizamentos.

Nas últimas 24 horas, a região que mais choveu foi Santa Cruz com 68,2 mm. Tijuca foi o bairro mais afetado em seguida, com 34,6 mm; Copacabana (28,6mm), Jardim Botânico (26,8 mm), Muda (25,4 mm) e Santa Teresa (20 mm) vêm logo depois. 

Foram registrados alagamentos em diversas áreas da zona sul, zona norte e zona oeste. Houve quedas de árvore no Alto da Boa Vista, na altura da comunidade da Fazendinha, e na Radial Oeste, no sentido Centro, após a estação de São Cristóvão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.