Chuva deixa São Paulo em estado de atenção

A chuva forte deixa praticamente toda a capital paulista em estado de atenção, com exceção da região sudeste. De acordo com o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), a chuva é mais intensa em São Miguel Paulista, Penha e Ermelino Matarazzo, na zona leste; e também na Casa Verde e em Santana, na zona norte. Nas demais áreas da cidade há registro de pancada leve com pontos moderados. O CGE e a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) ainda não registraram pontos de alagamento. Não há notícias de ocorrências causadas pela chuva, segundo informações do Corpo de Bombeiros.PrevisãoA grande massa de ar quente que predomina sobre a maior parte do Brasil impede o avanço das frentes frias que chegam ao extremo sul do País. Desde o domingo o sol brilha forte no Estado de São Paulo, com calor em torno de 31 graus na capital paulista. Até o momento, a temperatura máxima registrada no dia foi de 31,5 graus, e a mínima de 20,6 graus no Instituto Nacional de Meteorologia, no Mirante de Santana, na zona norte. Em janeiro, a média das máximas é de 27,6 graus e, das mínimas, de 18,5 graus.Segundo o meteorologista da Climatempo Alexandre Nascimento, o tempo quase não muda até o fim de semana, com muito sol e aumento de nuvens à tarde, que provocam pancadas isoladas, exceto no litoral, onde o ar está mais seco . A previsão para amanhã é de temperaturas entre 18 e 34 graus na faixa leste, entre a região metropolitana e as praias.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.