Chuva deixa seis cidades no MS em situação de emergência

Seis municípios de Mato Grosso do Sul estão sob decreto de situação de emergência devido as chuvas seguidas de ventos que chegam até 70 quilômetros por hora. Estradas interditadas com queda de pontes, inundações em residências, prédios comerciais, ruas, praças, entre outras ocorrências do gênero, obrigaram os prefeitos a apelar para essa condição.Entre os locais mais castigados está a cidade de Bonito, a 247 quilômetros de Campo Grande. As precipitações obrigaram o fechamento do balneário municipal de Bonito, visitado diariamente por quase mil turistas. Entretanto, a situação mais grave é em Campo Grande, onde, além dos grandes prejuízos, existe uma epidemia de dengue. Para se ter uma idéia, os casos positivos registrados neste ano já chegam a 700.As chuvas, segundo informações do meteorologista Natálio Abraão, continuam superando recordes. A de domingo último, por exemplo, foi de 40.5 milímetros, mais que o dobro da média histórica verificada em julho de 2006, que chegou a 20 milímetros. A situação favorece a proliferação do mosquito transmissor da doença. Duas pessoas morreram neste mês vítimas da dengue hemorrágica: uma de Laguna Carapã e outra de Aquidauana.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.