Chuva deixa SP em estado de atenção e provoca alagamentos

A forte chuva que atingia a capital paulista na tarde desta quarta-feira, 14, deixou praticamente todas as regiões da cidade em estado de atenção, com exceção da zona sul, e provocou pelo menos dois pontos de alagamento transitáveis na cidade.De acordo com o Centro de Gerenciamento de Emergências da Prefeitura (CGE), por volta das 16 horas, os alagamentos prejudicavam o tráfego nos dois sentidos da Avenida Alcântara Machado, junto à Rua Wandenkolk; e na Rua Francisco Rodrigues Nunes, em ambos os sentido, na altura da Rua Miguel Nelson Bechara. Mas nenhuma ocorrência havia sido registrada por causa do temporal pelo Corpo de Bombeiros e pela Defesa Civil. O temporal foi mais intenso nos bairros Ermelino Matarazzo, São Miguel Paulista e Itaim Paulista, na zona leste. No ABC paulista, a chuva era forte nos municípios de Mairiporã e Guarulhos, onde o CGE já havia registrado rajadas de vento de 43 quilômetros por hora, inclusive na região do Aeroporto Internacional de Cumbica. Porém, o temporal não atrapalhou os pousos e as decolagens. Havia possibilidade de granizo para esta região. Velocidade reduzidaOs trens das linha 3 - Vermelha do Metrô estavam circulando com velocidade reduzida, desde as 14h30 desta quarta-feira, 14, em razão da forte chuva que atingia a cidade. A linha 3 faz o trajeto entre as estações Corinthians-Itaquera a Palmeiras-Barra Funda. Já a operação das composições da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) era normal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.