Chuva derruba casa e mata mulher em Maceió

As chuvas que caem em Maceió desde sábado fizeram neste domingo a primeira vítima fatal. Maria Aparecida Mendes de Souza, 30 anos, morreu quando a casa em que estava com a família desabou, no Vale do Reginaldo. Maria Aparecida estava dormindo quando a casa caiu. Ela foi retirada dos escombros pelos moradores do bairro ainda com vida, mas chegou morta na Unidade de Emergência Armando Lages. Seu marido sofreu apenas escoriações leves. Ele foi atendido no mesmo hospital e liberado em seguida. No Vale do Reginaldo, outras quatro casas desabaram, mas ninguém morreu. Durante todo o dia, as equipes do Corpo de Bombeiros foram acionadas mais de cem vezes para prestar socorro em vários pontos da cidade. Alagamentos, deslizamentos, desabamentos e quedas de árvores foram as principais ocorrências registradas.Descarga elétricaNo final da noite de ontem, José Firmino, de 38 anos, e José Aparecido, de 40, morreram enquanto dormiam dentro de um depósito de papel reciclável localizado no Mercado da Produção, bairro da Levada, após sofrerem forte descarga elétrica, possivelmente provocada pelas chuvas.Um menor de 10 anos estava junto com eles e também chegou a receber parte da descarga elétrica, mas resistiu e foi encaminhado à Unidade de Emergência Doutor Armando Lages. No boletim do Centro de Operações da Polícia Militar (Copom), foram registrados, além dos dois óbitos por choque elétrico, o aparecimento de mais três corpos: uma vítima de arma de fogo e dois atropelados que não receberam socorro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.