Chuva destrói ponte e interdita a Marechal Rondon

A Rodovia Marechal Rondon (SP-300), que liga a Grande SãoPaulo à região noroeste do Estado, foi interditada nesta terça-feira de manhã no quilômetro 121, município de Porto Feliz, em razão da queda da cabeceira de uma ponte. O asfalto cedeu à força das águas de um córrego que transbordou por causa das chuvas. A concessionária Rodovia das Colinas, que administra o trecho, calcula que os reparos vão demorar pelo menos 4 dias. O trânsito no sentido capital-interior está sendo desviado na altura do km 103, em Itu, para a Rodovia Castelo Branco através da SP-75. No sentido oposto, o desvio ocorre no km 132, no trevo de Porto Feliz, pela SP-97. O percurso entre Itu e Porto Feliz passou a ter um acréscimo de 28 quilômetros. Se as chuvas cessarem, poderá ser utilizado um desvio em terra, com um percurso menor. As chuvas causaram a interdição parcial da Rodovia dos Romeiros, entre Itu e Cabreúva. Uma erosão surgida no km 90 atingiu a pista. Nesse local, está sendo permitida a passagem de um veículo por vez. A estrada vicinal do Bairro dos Garcias, no município de Votorantim, também está interditada. Uma linha de tubos para escoamento de água cedeu sob o peso de um caminhão. O veículo foi retirado por guinchos e tratores, mas a estrada ficou destruída. ChuvasA prefeitura de São Roque, na região de Sorocaba, interditounesta terça-feira 17 casas em áreas de risco e removeu as famílias para moradias de parentes. O objetivo foi evitar novos acidentes como o deslizamento de um barranco ocorrido ontem, que resultou na morte de uma pessoa e ferimentos em outras duas. As vítimas ficaram soterradas. Os restos da casa que caiu com o barranco foram demolidos pela Defesa Civil. A outra casa atingida com desabamento parcial foi interditada. Segundo o órgão, as chuvas deixaram 565 pessoas desabrigadas em toda a cidade, mas a maioria refugiou-se em casa de vizinhos e parentes. Algumas famílias continuam abrigadas em uma escola do bairro São João Novo. A prefeitura mobilizou equipes para limpar casas e ruas que ficaram alagadas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.