Chuva diminui e estado de atenção é suspenso em São Paulo

A intensidade da chuva diminui e o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) suspendeu o estado de atenção em toda a capital paulista às 16h45. Neste momento, há apenas chuva leve em pontos isolados da cidade. Dos dez pontos de alagamentos registrados desde hoje cedo, apenas cinco permanecem ativos, sendo quatro intransitáveis. A água chegou ocupar totalmente a pista expressa da Marginal do Pinheiros, próximo da Ponte do Jaguaré, sentido Interlagos, impedindo a passagem de veículos. Também foram registrados alagamentos intransitáveis na Rua Ricardo Cavaton, próximo da Rua José Inácio do Rosário; Avenida Antônio Munhoz Bonilha, junto a Rua Nossa Senhora do Ó e a pista local da Marginal do Pinheiros, sentido Intergalos, na altura do acesso para a Rodovia Castelo Branco.A cidade tem 78 quilômetros de lentidão, de acordo com medição realizada às 17 horas pela Companhia de Engenharia de Tráfego (CET). Nesta manhã, o congestionamento bateu recorde na capital. Segundo a CET , a medição das 9 horas registrou 165 quilômetros de lentidão em toda a cidade, índice bem superior à média para o horário, que é de 109 quilômetros, e 22 quilômetros acima do recorde anterior, que era de 143 quilômetros.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.