Chuva e alagamentos complicam trânsito em São Paulo

A chuva, os alagamentos e o excesso de veículos complicaram o trânsito na noite desta segunda-feira, 26, nas principais ruas e avenidas de São Paulo. Às 19 horas, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) registrou 61 quilômetros de congestionamento. Dos 33 pontos de alagamentos, nove ainda ocupavam as vias, porém, todos transitáveis. Por volta das 19 horas, o pior trecho estava na Avenida dos Bandeirantes, em direção à Rodovia dos Imigrantes, onde o motorista reduzia a velocidade por sete quilômetros, desde a Marginal do Pinheiros até o Viaduto Aliomar Baleeiro. No corredor norte-sul, formado pelas avenidas Rubem Berta, 23 de Maio e Moreira Guimarães, no sentido do Aeroporto de Congonhas, havia cinco km de lentidão a partir da Praça da Bandeira. Na Marginal do Tietê, a pista expressa estava com quatro km de morosidade desde a Ponte da Casa Verde até a Rua Azurita, sentido Lapa-Penha. Pela Avenida Paulista, sentido Paraíso, o motorista seguia em baixa velocidade desde a Avenida Doutor Arnaldo até a Praça Oswaldo Cruz, cerca de 2,5 km. Também havia problemas na Rua Teodoro Sampaio desde a Avenida Heitor Penteado e também na altura da Avenida Rebouças. Ocorrências As fortes chuvas também provocaram acidentes. Por volta das 15 horas, quatro equipes do Corpo de Bombeiros partiram para a Avenida Pompéia, zona oeste, devido à queda de uma árvore sobre um carro ocupado por duas pessoas. Uma das vítimas, um homem de 65 anos, teve de ser encaminhada ao Hospital São Camilo com escoriações leves. Segundo o Centro de Operações dos Bombeiros (Cobom), desde o começo das chuvas já houve seis chamados de quedas de árvores. A Defesa Civil também registrou dois desabamentos de barraco nos bairros Jardim Modelo, zona norte, às 16h30, e outro no Jardim D´Abril, zona oeste, às 10h30. Em Americanópolis, na zona leste, o muro de uma residência cedeu e desabou sobre um córrego. Como a intensidade da chuva diminuiu, o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) suspendeu o estado de atenção em toda a capital paulista às 16h50. Shopping A chuva também causou o desabamento de parte de uma moldura afixada em uma das entradas do Shopping Santa Cruz, na Vila Mariana, zona sul da cidade. O acidente resultou no rompimento de um fio da rede elétrica, mas ninguém ficou ferido. A CET interditou duas das quatro faixas da Avenida Domingos de Morais, em frente ao estabelecimento e o trânsito ficou complicado na região. A assessoria do Shopping informou, por meio de nota, que "por precaução a administração do Shopping interditou momentaneamente uma parte da calçada e da entrada principal". As lojas do Shopping funcionaram normalmente. Transportes Em decorrência das fortes chuvas, a pista principal do Aeroporto de Congonhas, na zona sul, permaneceu interditada para pousos e decolagens das 15 horas às 15h55, por questões de segurança. Já os trens do Metrô estavam, até as 17 horas, circulando com velocidade reduzida em todas as linhas.

Agencia Estado,

26 Fevereiro 2007 | 19h22

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.