Chuva e excesso de veículos complicam trânsito em SP

O excesso de veículos e a forte chuva que atingiu a capital paulista na tarde desta sexta-feira, 15, provocando pelo menos oito pontos de alagamento transitáveis, complicaram o trânsito no final desta tarde.A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) registrou, às 17h30, 133 quilômetros de congestionamento em toda a cidade, índice dentro da média para o horário. O trecho mais crítico estava na pista expressa da Marginal do Pinheiros, sentido Interlagos, onde o engarrafamento era de 11,5 quilômetros, entre as pontes Nova Fepasa e Morumbi.No Corredor Norte-Sul, formado pelas avenidas 23 de Maio, Rubem Berta e Moreira Guimarães, em direção ao Aeroporto de Congonhas, a lentidão era de 7 quilômetros, desde a Rua Ribeiro de Lima até o Viaduto General Euclides Figueiredo.Já nas pistas expressa e local da Marginal do Tietê, sentido Lapa-Penha, o trânsito estava carregado por 5,5 quilômetros, desde a Rodovia dos Bandeirantes até a Ponte Limão.AlagamentosEm entrevista à Rádio Eldorado AM, o técnico em meteorologia do CGE, Adilson Nazário, informou que a intensidade da chuva diminui, mas a cidade permanecia em estado de atenção até as 18 horas. Ele descartou a possibilidade de temporal ainda na noite desta sexta.A Defesa Civil Municipal também decretou estado de atenção para as 31 subprefeituras, às 16h12, por conta do risco de inundações. Segundo Nazário, pelo menos oito pontos de alagamentos transitáveis haviam sido registrados principalmente em bairros da zona sul, como Santo Amaro e também na região central, onde a pancada foi mais intensa. Foram registrados alagamentos nos seguintes endereços: Rua Acari, sentido bairro, na altura da Rua Doutor Rubens Gomes Bueno, próximo à Ponte João Dias; na Avenida Nações Unidas, em direção à Rodovia Castelo Branco, perto da Avenida João Dias e, no mesmo sentido, próximo à Avenida Roberto Marinho, na transposição da pista local para a expressa; dentro do Túnel Nove de Julho, sentido Aeroporto de Congonhas; e na Avenida Prestes Maia, próximo ao desemboque do Túnel Anhangabaú. Ainda de acordo com Nazário, próximo do Aeroporto de Congonhas, na zona sul, a velocidade do vento chegou a 54 quilômetros por hora. Moradores também relataram ao CGE queda de granizo no Jardim Jussara, no Butantã, zona oeste e na região do Largo 13 de Maio, em Santo Amaro, na zona sul. Na Grande São Paulo, a pancada foi mais intensa em Guarulhos, Arujá e Santa Isabel.

Agencia Estado,

15 de dezembro de 2006 | 18h10

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.