Chuva e problema de comunicação fecham Congonhas

O vento e a chuva forte que desabou sobre São Paulo neste sábado provocaram o fechamento do Aeroporto de Congonhas, na zona sul da capital paulista. As informações dão conta de que, no início da noite, um raio atingiu o radar do aeroporto, provocando problemas de comunicação com a torre central de Brasília. Com isso, tanto as decolagens como os pousos tiveram que ser interrompidos. Neste momento, a situação está muito complicada no saguão do aeroporto, com vários passageiros desorientados e sem saber o que fazer. Para piorar, também não há ninguém da aviação civil que possa fornecer maiores detalhes sobre o caso. O avião da ponte aérea da Varig que estava marcado para levantar vôo de São Paulo às 21h34 ainda está retido no Rio de Janeiro. O vôo da empresa que deveria decolar às 22 horas foi cancelado, assim como os das demais companhias que operam na ponte aérea. Como o Aeroporto de Congonhas normalmente fecha às 23 horas, é possível que não haja mais decolagens esta noite, aguardando-se apenas a chegada dos aviões que ficaram retidos durante o fechamento. Não há, porém, nenhuma confirmação oficial sobre isso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.