Chuva faz 1.960 pessoas deixarem suas casas no Piauí

Doze municípios pediram a decretação de situação de emergência por conta das chuvas

Solange Spigliatti, Central de Notícias

28 de abril de 2009 | 13h09

As chuvas que atingiram as regiões Norte e Nordeste do País no últimos dias causaram transtornos à população do Piauí. Doze municípios pediram a decretação de situação de emergência por conta das chuvas, que já deixaram 1.960 pessoas desalojadas - podem contar com ajuda de familiares e conhecidos - ou desabrigadas - perderam tudo e têm de se refugiar em abrigos públicos - em todo o Estado, segundo a Defesa Civil.

 

De acordo com informações do secretário da Defesa Civil do Estado, Fernando Monteiro, "a situação é preocupante, mas está sob controle", explica.

No temporal ocorrido na noite da segunda-feira, 27, o Rio Poty, em Teresina, subiu cerca de nove metros acima do normal, inundando casas e estabelecimentos comerciais. Nas cidades de Santa Filomena e Francisco Ayres, além das residências, as estradas também ficaram danificadas, atrapalhando a passagem dos veículos. Não há registro de feridos ou desaparecidos, segundo o secretário.

Tudo o que sabemos sobre:
chuvasPIdesabrigadosdesalojados

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.