Chuva fecha pista principal de Congonhas e alaga ruas em SP

A pista principal do Aeroporto de Congonhas, na zona sul de São Paulo, foi fechada às 16h06 desta sexta-feira, 16,para pousos e decolagens, por causa da forte chuva. O temporal também deixava em estado de atenção toda a cidade e os motoristas enfrentavam problemas no trânsito por causa do excesso de veículos e dos alagamentos.Até o horário da suspensão das operações em Congonhas, por medida de segurança, das 206 partidas programadas para esta sexta, 14 sofreram atrasos superiores a 45 minutos, segundo a Infraero. Até as 16h30, pelo menos 11 pontos de alagamentos haviam sido registrados pelo Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE). Cinco deles impedia a passagem de veículos: pista local da Marginal do Tietê, sentido Penha-Lapa, na altura da Ponte do Piqueri; Avenida Edgar Facó, na altura da Avenida Paula Ferreira, nos dois sentidos. Problemas também no cruzamento das avenidas Adão Pereira e Benedito Andrade; na Rua Jeroaquara, próximo da Rua Corialano e também Avenida Nossa Senhora do Ó, perto da Rua Balsa. O Corpo de Bombeiros foi acionado para socorrer pessoas ilhadas nos bairros Pirituba e Freguesia do Ó. Já o trânsito era mais complicado nas pistas expressa e local da Marginal do Tietê, sentido Lapa-Penha, onde o engarrafamento era de 9,5 quilômetros, desde a Rodovia Castelo Branco até a Ponte Piqueri. A recomendação era para que o motorista evite a Marginal do Tietê.No Corredor Norte-Sul, formado pelas avenidas 23 de Maio, Rubem Berta e Moreira Guimarães, rumo ao Aeroporto de Congonhas, a lentidão era de 5,5 quilômetros, desde a Praça da Bandeira até o Viaduto João Julião da Costa Aguiar. Já na Avenida Ibirapuera, em direção ao bairro, o motorista reduzia a velocidade por 2,5 quilômetros, desde a Rua Menaldo Rodrigues até a Avenida dos Eucaliptos. Rodovias Um ponto de alagamento na altura do quilômetro 90 da Rodovia Fernão Dias, sentido Minas Gerais, no acesso da Rodovia Presidente Dutra, obrigava o motorista a trafegar por apenas um das três faixas da via desde às 16 horas. Devido ao problema, havia morosidade entre os km 227 e 231 da Dutra, em Guarulhos, no sentido Rio de Janeiro, segundo a Polícia Rodoviária Federal. Mais três pontos com paradas eram registrados na Dutra: do km 214 ao 215, no sentido Rio, em Guarulhos; do km 145 ao 147, em São José dos Campos; e do km 168 ao 169, em São João do Meriti. Os dois últimos no sentido capital. Problemas nos trensDuas linhas da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) apresentaram problemas na tarde desta sexta, devido a alagamentos resultantes da forte chuva que castiga São Paulo. A linha B Júlio Prestes - Itapevi tem pontos de alagamento na altura da estação Barra Funda, e a circulação está suspensa entre as plataformas Júlio Prestes e Lapa. A partir da Lapa, os trens seguem por apenas um trilho, em vez de dois, até a Imperatriz Leopoldina, em razão de mais alagamentos. Na linha A, que liga as estações Luz e Francisco Morato, as composições tiveram de percorrer o trecho da Luz à estação Pirituba, de onde retornavam em razão de alagamentos na ferrovia. Neste último, a situação já foi normalizada, segundo a CPTM. Os trens do Metrô também circulam com velocidade reduzida nas linhas 1- Azul (Jabaquara - Tucuruvi), 2 - Verde (Chácara Klabin - Vila Madalena) e 3 - Vermelha (Corinthians - Itaquera). Texto atualizado às 17h05

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.