Chuva forte no Rio causa alagamentos e risco de deslizamento

Oito pessoas foram resgatas; Defesa Civil colocou parte das regiões sul e norte em alto risco

Maíra Teixeira, da Central de Informações,

22 Janeiro 2010 | 23h16

A forte chuva que atingiu a cidade do Rio de Janeiro nesta noite de sexta-feira, 22, causou tumulto e gerou pontos de alagamento em todas as regiões da cidade. Segundo o Corpo de Bombeiros, oito resgates de pessoas ilhadas foram registrados, mas não houve vítimas.

 

Veja também:

linkMau tempo chega a fechar Santos Dumont, no Rio

linkQuatro ficam feridos em deslizamento na zona sul de SP

linkRio libera pousadas de região atingida por deslizamento

 

Ocorreram deslizamentos de barreiras em Santa Tereza, na região centro-sul.Os pontos mais críticos, de acordo com os bombeiros, foram a Praça da Bandeira e o Maracanã, ambos na zona norte da cidade, em decorrência do grande volume de água, que escoou para a Baía de Guanabara, que estava em nível baixo. Muitos veículos ficaram ilhados na região do Maracanã.

 

Segundo o Climatempo, as áreas de instabilidade associadas a convergência de umidade mantiveram predomínio até às 21h30, quando a chuva parou, mas o céu segue parcialmente nublado em quase toda a capital fluminense. A temperatura máxima na cidade hoje foi de 33ºC.

 

A Defesa Civil Municipal colocou parte das regiões sul e norte em alto nível de risco para escorregamentos e deslizamentos nas regiões do Centro, Penha, Madureira, Tijuca, Pavuna, Copacabana, Ipanema e Ilha do Governador.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.