Chuva forte provoca desabamentos e alagamentos em SP

A forte chuva que caiu sobre São Paulo no fim da tarde deste sábado deixou cerca de 40 pontos de alagamento e provocou congestionamentos, desabamentos e deslizamentos de terra.A Defesa Civil Municipal atendeu, entre as 18h30 e 21h40, nove chamados de urgência, a maioria deles na zona leste. Em São Mateus, um deslizamento de terra atingiu seis casas, na Rua Campos de Jordão. Um engenheiro da subprefeitura de São Mateus foi enviado ao local para realizar a vistoria. Oito chamados notificavam desabamentos. Um barraco à beira de um córrego desabou na Avenida Águia de Haia, número 3379, na Cidade Carvalho. Foram registrados ainda outros quatro desabamentos de residência: Rua Silveira Campos, no Cambuci; rua Elizabeth Monteiro, Vila Nova; rua Pedro Gomes Camargo, Vila Rio Branco; e Rua Rogério Georgi, Vila Carrão. Outros três muros desabaram na rua Maciel Vieira, Parque Cruzeiro, rua Professor castelo Branco, em São Mateus, e na Travessa Ruy Piazza, em Ermelino Matarazzo. A Defesa recebeu também três chamados que solicitavam vistoria de edificações, danificadas pelo temporal.Segundo a Defesa Civil e Corpo de Bombeiros, não houve vítimas em nenhuma dessas ocorrências. Queda de árvoresAté as 22h30, a Defesa registrava duas quedas de árvores em bairros na zona oeste de São Paulo. Uma caiu na rua Coriolano, na Lapa. Outra, na rua Evangelista Rodrigues, em Pinheiros. AlagamentosO número de pontos de alagamentos na cidade de São Paulo dobrou em menos de uma hora. Às 20h50, o Centro de Gerenciamento de Energia (CGE) passou registrar 38, ante os 16 das 19h45. Todos intransitáveis. O trânsito também estava complicado na capital. Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), havia 27 quilômetros de congestionamento nas vias da cidade, às 20h30. A CET informou ainda que nenhum túnel foi interditado. As marginais Tietê e Pinheiros concentravam os trechos de maior lentidão. A pista expressa da Tietê, apresentava 8 quilômetros de trânsito pesado entre a Rodovia Dutra e a Ponte do Limão. Além disso, havia 2,8 quilômetros de lentidão na pista expressa, da Dutra até a Azurita. Ambos no sentido Ayrton Senna. Já a Pinheiros registrava 3,5 quilômetros de paradas na pista expressa entre a Ponte Eusébio Matoso e Água Espraiadas, e 2,7 na pista local da Eusébio Matoso a Ary Torres. As duas eram no sentido Interlagos. Por volta das 18h, a chuva atingia principalmente as zonas oeste e norte, com pontos fortes nas zona leste e centro de São Paulo. Quatro pontos de alagamento estavam concentrados na Radial Leste. Segundo o Corpo de Bombeiros, houve cerca de oito chamados por queda de árvores desde o início da chuva. Informações preliminares informam que, por volta das 19h30, pessoas estariam ilhadas no interior de um veículo na Rua Bresser, 1954, próximo ao centro.Conteúdo atualizado às 23h38

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.