Chuva: Kassab diz que motorista pode recorrer das multas

O prefeito Gilberto Kassab(PFL) disse nesta sexta-feira, 1º, que os motoristas multados por infringir o rodízio de veículos por causa das enchentes no mês de novembro poderão recorrer. Ele também não descartou a possibilidade de isenção do pagamento do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) para famílias que tiveram imóveis invadidos pelas enchentes. De acordo com a reportagem da Rádio Eldorado AM, Kassab explicou que o motorista multado em dias de caos no trânsito por causa da chuva deve recorrer como uma infração comum, que terá que ser comprovada. Mas, ressaltou que a medida que restringe a circulação de veículos não será suspensa. "Seria muito fácil dizer que o rodízio será suspenso quando as chuvas tiverem intensas. Mas, na medida em que o rodízio é suspenso, mais carros vão para as ruas e isso piora o congestionamento. Isso deve ser feito com muita responsabilidade e cuidado," explicou. Segundo ele, essa decisão será avaliada pelo grupo de trabalho que prepara medidas de apoio às vítimas das cheias.O prefeito vistoriou o Piscinão Jabaquara, na zona sul, que teve 60% da capacidade ocupada na chuva de quinta-feira e comprovou a limpeza do local. Ele disse que está satisfeito com o desempenho das obras e dos investimento na infra-estrutura da cidade para evitar enchentes, freqüentes em São Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.