Chuva matou 35 em SP desde 1º de dezembro

As chuvas que atingiram o Estado de São Paulo desde o dia 1* de dezembro de 2002 até hoje já provocaram a morte de 35 pessoas e deixaram 52 feridos. O número de mortes aumentou em relação ao período entre o dia 1* de dezembro de 2001 e 31 de março de 2002 - durante a Operação Verão, desenvolvida pela Defesa Civil do Estado - quando 14 mortes ocorreram. Segundo balanço parcial divulgado hoje pelo órgão, 13 pessoas perderam a vida soterradas, 11 durante enchentes, nove foram atingidas por raios e duas por desabamentos de casas.De dezembro do ano passado até agora, 129 municípios foram afetados pela chuva, 36 decretaram estado de emergência e sete decretaram estado de calamidade pública. No verão entre os anos de 2001 e 2002 apenas 85 municípios tiveram problemas provocados por fortes chuvas. A cidade de Ubatuba, no litoral norte, está sob estado de atenção porque podem ocorrer desmoronamentos de terra nos morros. A chuva já deixou 3.690 desabrigados - quando moradores são obrigados a deixar suas residências e ficar em abrigos - e desalojou mais de 14 mil pessoas que tiveram de abandonar suas residências e ficar em casas de parentes e amigos.

Agencia Estado,

21 de março de 2003 | 12h27

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.