Chuva na Imigrantes exige atenção na ida ao litoral de SP

Os motoristas que deixavam a capital paulista na manhã desta quinta-feira, 5, na saída para o feriado prolongado de Páscoa precisavam de atenção para seguir ao litoral paulista. A Ecovias, concessionária do Sistema Anchieta-Imigrantes, informou que, por conta das chuvas nas duas rodovias, os motoristas deviam redobrar os cuidados em relação à visibilidade e às pistas escorregadias. A previsão é de que o esquema de descida seja implantado às15 horas, quando deve aumentar o movimento em direção à Baixada Santista. Conforme a Ecovias, a expectativa é de que entre 250 mil e 350 mil veículos circulem pelo Sistema Anchieta-Imigrantes nos próximos dias. Na Rodovia Castello Branco o movimento era normal nos dois sentido, de São Paulo a Itu. A Rodovia Raposo Tavares também tinha situação tranqüila na manhã desta quinta; de Cotia a Araçoiaba da Serra o tráfego era normal. Na Rodovia Ayrton Senna, no sentido São Paulo, o tráfego era intenso devido ao excesso de excesso de veículos. O tempo estava encoberto no local, mas não prejudicava a visibilidade do motorista. No sentido Rio de Janeiro, o movimento era normal. Chegada à capital Na chegada a São Paulo, o trânsito era lento na Rodovia dos Bandeirantes. De acordo com a AutoBAN, concessionária que administra o Sistema Anhangüera-Bandeirantes, o congestionamento ia do km 18 ao 14, devido ao excesso de veículos. A melhor opção era a Rodovia Anhangüera, que tinha apenas um quilômetro de lentidão, entre os km 12 e 11. Os motoristas que transitavam pela Rodovia Presidente Dutra enfrentavam lentidão no sentido Rio-São Paulo entre os km 217 e 222, na pista marginal, na região de Guarulhos. Segundo a NovaDutra, concessionária responsável pela estrada, na chegada à capital paulista havia congestionamento, tanto na via marginal como na pista expressa, entre os km 230 e 231, por conta do excesso de veículos na Marginal do Tietê. Quem seguia em direção ao Rio encontrava quatro quilômetros de trânsito ruim, na região de Guarulhos, entre os km 222 e 218. Nas demais estradas, o movimento era intenso, mas sem engarrafamentos. Acidente Em São Paulo, o único acidente grave ocorreu durante a madrugada na Rodovia Régis Bittencourt. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, houve um engavetamento, por volta das 3h10, no sentido Curitiba-São Paulo, na altura do km 281, em Itapecerica da Serra. Envolveram-se na colisão três caminhões, um ônibus e um carro de passeio e três pessoas ficaram feridas. A pista ficou parcialmente interditada para a remoção dos veículos envolvidos no choque, mas a situação foi normalizada até o começo da manhã. Em SP, carreta tomba na Av. 23 de Maio Uma carreta, que transportava um container, tombou na madrugada Av. 23 de Maio sob o viaduto Euclides Figueiredo, no Parque do Ibirapuera, na pista sentido Centro. O trânsito ficou interditado na rodovia até as 7h20, sendo desviado pela Av. Pedro Alvares Cabral, passando em frente ao Detran, e provocando um longo congestionamento. Texto ampliado às 10h57.

Agencia Estado,

05 Abril 2007 | 10h05

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.