Chuva na região Sudeste em janeiro atingiu a média mensal

Nos primeiros oito dias de janeiro a quantidade de chuva em algumas regiões do Sudeste do país, como Rio de Janeiro, São Paulo e sul de Minas Gerais, chegou à média mensal: de 200 a 250 milímetros. O volume é semelhante aos primeiros oito dias de 2006, segundo os meteorologistas do Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos do Inpe, só que desta vez, em regiões diferentes. "O índice realmente é alto, mas vivemos em um país tropical. Pode ser que no final de janeiro a quantidade fique dentro da média", explicou o pesquisador Marcos Sanches. "O problema é que em algumas regiões as chuvas provocam mais estragos que em outras". O sistema chamado de Zona de Convergência do Atlântico Sul, que tem causado as incessantes chuvas, deve continuar provocando a instabilidade do tempo até quinta-feira pelo menos. A previsão é de mais pancadas de chuva nos próximos dias para a região Sudeste, mas principalmente para o norte de São Paulo e Rio de Janeiro e sul de Minas Gerais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.