Chuva não desanima público do Magazine Luiza, em Campinas

Nem a chuva desanimou os consumidores que se espremeram hoje sob as marquises das lojas do Magazine Luiza, em Campinas. Por ocasião da liquidação anual da rede, algumas pessoas enfrentaram até 11 dias de fila. Aqueles que chegaram hoje mesmo ao local, tiveram de esperar durante pelo menos uma hora.Consumidores afoitos corriam de um lado para outro dentro da loja em busca do objeto sonhado por um preço menor. Agarrados a geladeiras, televisores, máquinas de lavar, aparelhos de som, eles disputavam os vendedores para efetivar a compra e garantir que o aparelho encontrado não acabasse nos braços de outro. A movimentação prosseguia do lado de fora das lojas, com compradores e funcionários carregando nos ombros objetos dos mais variados tamanhos, sofás, armários, eletrodomésticos.O expedidor Mário Alberto Druzzi sentou no sofá que tinha acabado de comprar por R$ 225, debaixo da marquise, quase sob a chuva, para esperar pelo motorista que lhe faria o frete, contratado na hora, por R$ 25. A desempregada Rosângela Azevedo Pereira, que enfrentou dez dias de espera na fila, conseguiu comprar finalmente sua desejada máquina de lavar roupas. Levou ainda uma televisão e um videocassete, com desconto de 40% em média.Segundo os seguranças da loja do Centro, quatro mil pessoas passaram pelo local até às 11 horas. O movimento foi menor - duas mil pessoas - em outra unidade da loja em Campinas, na Rua Álvares Machado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.