Chuva provoca alagamentos na capital

A chuva deixa a cidade de São Paulo em estado de atenção por causa da possibilidade de alagamentos. De acordo com o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) da Prefeitura, neste momento, uma pancada forte atinge a zona leste, principalmente os bairros Água Rasa, Vila Prudente, Aricanduva e Vila Formosa. A zona oeste tem chuva moderada nos bairros Jaguaré, Vila Leopoldina e Lapa. As zonas leste, oeste, sul, centro, sudeste e a Marginal Pinheiros entraram em estado de atenção às 19h20. Já na zona norte e na Marginal do Tietê, a medida foi decretada às 20h45. Até as 22 horas, o CGE havia registrado pelo menos quatro pontos de alagamento. Um deles está localizado no Túnel do Anhangabaú, no centro da cidade. A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) decidiu interditar a via nos dois sentidos, às 21h40, por medida de segurança. Também foi registrado um ponto de alagamento intransitável na Avenida Nove de Julho, próximo da Praça 14 bis, no sentido bairro-centro. Também há um alagamento transitável na Avenida Prestes Maia e outro na Avenida 23 de Maio, próximo do Viaduto General Euclides de Figueiredo, sentido bairro-centro. O Corpo de Bombeiros foi acionado para atender ocorrências causadas pela chuva forte que atingiu parte da zona sul por volta das 20 horas, mas ninguém ficou ferido. Na Rua Barão do Trunfo, 197, no Brooklin Paulista, uma árvore caiu sobre uma casa. No Jabaquara, uma árvore caiu sobre um carro na Rua Haroldo Paranhos, e outra atingiu parte da fiação elétrica na Rua Professor Roberto Mange. Os bombeiros também ajudaram moradores que ficaram ilhados na Rua Alba, altura do número 100, na Vila Parque Jabaquara.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.