Chuva provoca deslizamentos e soterra carros em Salvador

Somente nestes três primeiros dias de julho já choveu 160 mm, quando o esperado para todo o mês são 184,9 mm; ainda não há informação de feridos

Eliana Lima - O Estado de S. Paulo

03 de julho de 2010 | 16h13

SALVADOR - Transtornos por toda a cidade, com alagamentos de ruas e residências, deslizamento de terra, árvores caídas e outros prejuízos são o resultado da chuva ininterrupta que atinge Salvador desde sexta-feira, 2. No mais grave dos registros, três veículos ficaram soterrados depois que a terra de uma encosta correu, no bairro de Jardim Cajazeiras.

 

Moradores do local, informaram que o excesso de água encharcou o terreno, que passa obras de terraplanagem para a construção de imóveis do projeto "Minha Casa, Minha Vida". Entretanto, não há informação de feridos.

 

Até o início desta tarde a Coordenadoria de Defesa Civil já tinha registrado perto de 80 ocorrências relacionadas à chuva. Somente nestes três primeiros dias de julho já choveu 160 mm, quando o esperado para todo o mês são 184,9 mm.

 

Conforme a Infraero, dos 41 voos previstos para operar no Aeroporto Internacional Luís Eduardo Magalhães pela manhã, nove partiram com atraso e três foram cancelados em decorrência da chuva. A previsão é de que a chuva se mantenha por todo o final de semana.

Tudo o que sabemos sobre:
SalvadorchuvassoterramentoBahia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.