Marcio Fernandes/AE
Marcio Fernandes/AE

Chuva que atinge o litoral norte dificulta retorno de turistas e causa enchentes

Rio-Santos segue complicada devido a quedas de barreiras entre São Sebastião e Caraguatatuba

Reginaldo Pupo, especial para O Estado de S. Paulo,

24 Abril 2011 | 19h52

SÃO SEBASTIÃO - A forte chuva que atingiu o litoral norte de São Paulo ininterruptamente desde a madrugada de sábado dificultou o retorno dos turistas do feriado prolongado e provocou pontos de lentidão na Rodovia Rio-Santos devido a diversos alagamentos e quedas de barreiras entre São Sebastião e Caraguatatuba.

 

Segundo a Defesa Civil de São Sebastião, entre as praias de Maresias e Toque-Toque Grande, foram registrados dezenas de deslizamentos, alguns deles interditando meia pista, que não possui acostamento. Equipes do Departamento de Estradas de Rodagem (DER) realizaram a limpeza do trecho, sendo necessária a interdição da via. No km 150, altura da praia de Paúba, um poste caiu sobre a pista, que ficou interditada por duas horas.

 

Ainda em São Sebastião, um alagamento de 150 metros de extensão na Rio-Santos, no km 123, altura do bairro Portal da Olaria, provocou lentidão durante todo o dia de ontem, dificultando ainda mais o retorno dos turistas. O bairro fica a seis quilômetros do centro. O trecho, que normalmente é percorrido em 10 minutos, ontem estava sendo feito em uma hora e meia. Entre São Sebastião e Caraguatatuba, também houve registros de alagamentos na pista. A frente fria que atingiu o litoral trouxe também fortes ressacas. Em algumas praias o mar "engoliu" a faixa de areia, dificultando a vazão da água das chuvas pelas galerias pluviais.

 

Na Rodovia dos Tamoios o tráfego foi intenso durante todo o dia, com pontos de lentidão no trecho de serra, em Caraguatatuba. Também houve alguns pontos de deslizamentos, mas sem atrapalhar o fluxo. Quem preferiu retornar pela Rodovia Mogi-Bertioga enfrentou 16km de lentidão. Na Oswaldo Cruz, que liga Taubaté a Ubatuba, o congestionamento era de 10km até as 15h30 deste domingo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.