Chuva traz alívio na região de Sorocaba

Em Itu, havia preocupação com esvaziamento de reservatórios que abastecem a região

José Maria Tomazela,

03 Agosto 2008 | 18h37

A chuva que caiu entre a noite de sábado e a tarde deste domingo trouxe alívio a moradores e produtores rurais da região de Sorocaba. Em Itu, havia preocupação com o rápido esvaziamento dos reservatórios usados para abastecer a cidade de 150 mil habitantes, em razão do inverno quente e seco.A expectativa é de que a chuva se prolongue para recompor principalmente o reservatório do Itaim, o mais afetado.   Em Sorocaba, choveu mais de 10 milímetros apenas durante a noite e o tempo continuava instável. A cidade sofria com a seca e as queimadas. A última chuva de 5 milímetros ocorrera no início de junho. Durante todo o mês de julho, Sorocaba recebeu 0,5 milímetros de chuva.   Também voltou a chover em Tatuí, onde a estação climatológica da Secretaria de Agricultura registrou 16 milímetros no início da tarde de ontem. Em algumas áreas rurais a precipitação foi maior. A chuva apagou um incêndio que consumia, na noite de sábado, a mata ciliar do ribeirão Guarapó. Na zona rural de Bofete, moradores repetiram a tradição de banhar nas águas do rio Bonito imagens de Santo Antonio e de Santa Rita de Cássia. A cidade estava sem chuva havia 59 dias e o gado já morria de fome e sede.   Na região de Itapeva, a chuva interrompeu uma estiagem de 45 dias que ameaçava a produção de trigo - a região é a maior produtora do Estado.

Mais conteúdo sobre:
Chuva, Sorocaba

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.