Chuva volta a municípios do AM atingidos por estiagem

As chuvas sobre os municípios de São Gabriel da Cachoeira e Santa Isabel do Rio Negro, no Amazonas, começaram no fim de semana. Assim, a estiagem atípica na região, que deixou rios e igarapés secos nos últimos quinze dias, está com os dias contados. A informação é do Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam) que divulgou seu boletim climatológico para a região nos próximos três meses. A expectativa é que o fenômeno El Niño fique menos intenso em março e em abril já esteja neutralizado.No fim de semana, a prefeitura de São Gabriel, a 858 quilômetros de Manaus, decretou estado de emergência, destacando que há 440 comunidades banhadas pelo rio Negro isoladas. Segundo o coronel Roberto Rocha, chefe da Defesa Civil Estadual, no próximo fim de semana será verificada as condições do município. "Até agora não soubemos de nada que justifique estado de emergência, embora haja embarcações que não cheguem ao local. Mas a cidade está abastecida", afirmou.De acordo com o geólogo do Serviço Geológico do Brasil (CPRM) Marco Oliveira a estiagem foi atípica, mas esta é a época normal da vazante dos rios do norte do Amazonas, como os rios Branco, Japurá e Negro. "Assim como é a época de enchente dos rios do sul do Estado, como o Madeira, Juruá e Purus", diz o geólogo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.