Chuvas afetam abastecimento de água em 32 cidades em Pernambuco

Previsão é de que 80% do abastecimento seja restabelecido nos próximos três dias

Solange Spigliatti, do estadão.com.br

22 de junho de 2010 | 08h34

SÃO PAULO - Pelo menos 32 cidades de Pernambuco ainda sofriam nesta terça-feira, 22, com a falta de abastecimento de água, provocada por problemas operacionais causados pelas chuvas registradas no Estado na semana passada.

 

Veja também:

linkNordeste tem mais de mil desaparecidos

linkLula anuncia liberação de FGTS para vítimas

 

Segundo a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), 44 cidades foram prejudicadas. As equipes de manutenção da empresa já conseguiram restabelecer o abastecimento em 12 delas, segundo o diretor de Operações da Compesa, Roberto Tavares. Outras 12 estão com fornecimento parcial de água e outras 20 estão sem água.

 

A previsão é de que nos próximos três dias, 80% do abastecimento seja restabelecido, segundo Tavares. "Em algumas cidades só poderemos ter noção dos danos causados pelas chuvas depois que as águas baixarem", explica. Na Região Metropolitana do Recife, os sistemas que tiveram problemas nos equipamentos devido às chuvas já foram restabelecidos.

 

Segundo a Compesa, as cidades que estão em situação mais difícil são Correntes, onde as águas do rio levaram parte da adutora que estava acoplada a uma ponte, e em Barreiros, onde a Estação Elevatória foi totalmente invadida pelas águas e as bombas foram afetadas. A empresa prevê um prejuízo de R$ 4,5 milhões com conserto de tubulações, substituição de equipamentos para o restabelecimento do abastecimento e atendimento emergencial por carros-pipa.

 

Entre os municípios afetados estão Sairé, Salgadinho, Santa Maria do Cambucá, São Joaquim do Monte, Vertentes do Lério, Vertentes, Correntes, Altinho, Ibirajuba, Cupira, Lagoa dos Gatos, Angelim, Belém de Maria, Cachoeirinha, São Benedito do Sul, Tacaimbó, Barreiros, Sirinhaém, Primavera, Escada, Aliança, Bezerros, Chã Grande, Frei Miguelinho, Santa Cruz do Capibaribe, Toritama, Águas Belas, Garanhuns, Ribeirão, Nazaré da Mata e Machados.

Tudo o que sabemos sobre:
PernambucochuvasNordesteabastecimento

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.