Chuvas causam cinco mortes em Minas Gerais

Temporais castigam o Estado desde 23 de novembro; hoje, uma mulher morreu soterrada

Priscila Trindade, Central de Notícias

28 de dezembro de 2010 | 17h32

SÃO PAULO - A Defesa Civil de Minas Gerais informou que cinco pessoas morreram por causa das tempestades que atingem o Estado desde o dia 23 de novembro. Hoje, uma mulher de 31 anos morreu após um desmoronamento em Cataguases. O deslizamento de uma encosta sobre uma residência, no bairro Leonardo, atingiu três pessoas. Duas pessoas que foram soterradas foram retiradas pelos bombeiros, que conseguiram localizar nos escombros o corpo de Marisângela Alves da Silva.

 

Em Juiz de Fora, um deslizamento de encosta na noite de segunda-feira, 27, causou a morte de uma criança de 4 anos, no bairro Marilândia. Segundo a Defesa Civil, o desabamento atingiu uma residência onde estavam cinco pessoas. Quatro delas foram socorridas por moradores antes da chegada dos bombeiros e Fabrício Fernandes Rocha do Amaral foi encaminhado pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o Hospital, onde morreu.

 

No dia 15 deste mês, uma adolescente de 13 anos foi arrastada pela enxurrada em Santa Maria do Suaçuí. Entre os dias 23 e 25 de novembro, Edgar Bispo dos Santos, de 36 anos, foi arrastado pela enxurrada do córrego do onça, em Belo Horizonte, e Maria das Graças Azevedo, de 62 anos, foi encontrada entre os escombros de um desabamento em Visconde do Rio Branco.

 

Desde outubro, das 57 cidades afetadas, 34 decretaram situação de emergência. Mais de 3 mil casas foram danificadas pelo mau tempo e 37 pontes foram destruídas em diversos municípios.

Tudo o que sabemos sobre:
chuvasMinas Gerais

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.