Chuvas continuam castigando Salvador

As fortes chuvas e os ventos que castigam a cidade desde a madrugada de segunda feira já provocaram o desabamento de dez imóveis, inclusive no Centro Histórico, onde um casarão que abrigava duas famílias teve as paredes derrubadas na rua do Sodré. A Coordenação de Defesa Civil de Salvador (Codesal) já registrou cerca de 80 ocorrências como deslizamentos e alagamentos de avenidas, e decidiu interditar dez imóveis próximos à Estação Ferroviária, no bairro da Calçada, na cidade baixa, devido às infiltrações que comprometem sua estrutura.O mau tempo também surpreendeu um barco com 11 tripulantes que estava no largo da ilha do Medo, em frente à Ilha de Itaparica, logo na barra do Rio Paraguassú, que liga Salvador à cidade histórica de Cachoeira. Sete mulheres e quatro homens estiveram retidos até hoje na ilha, onde aportaram na última terça feira, temendo o naufrágio. O resgate foi feito pela Capitania dos Portos da Bahia, que enfrentou dificuldades no mar encapelado.A chuva e o frio vêm contrariando a previsão da meteorologia. Os ventos atingiram cerca de 60 quilômetros por hora, destelhando casas e derrubando árvores em vários bairros. A previsão do tempo, no entanto, é de melhora partir de amanhã.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.