Chuvas de granizo causam prejuízos em Curitiba e em SC

Uma forte chuva com granizo caiu a partir das 18h20em Curitiba. As ruas estão cobertas de gelo e é grande o congestionamento no trânsito. Enquanto isso, mais de 28 mil moradores se recuperam dos prejuízos causados pelo violento temporal de granizo que atingiu quatro cidades de Santa Catarina no final da tarde de quinta-feiraSegundo o Instituto de Meteorologia do Paraná, devem ocorrer mais pancadas rápidas e intensas de chuvas ainda hoje, principalmente na região norte da cidadeEm Santa Catarina, as cidades de Porto União, no Norte, Anchieta, no Oeste, e Navegantes, no Vale do Itajaí, estão em situação de emergência. Segundo o secretário de Finanças de Porto União, Eduardo Wachholz, uma mulher de 80 anos de idade morreu assustada pelo temporal, que chegou a acumular pedras de quase 700 gramas em apenas 15 minutos. Ele calcula prejuízos da ordem de R$ 2,5 milhões, incluindo os danos causados a 5 mil residências e aos vinte prédios públicos - inclusive a prefeitura. Mil pessoas tiveram que abandonar suas casas em Porto União, mas 12 mil sofrem as conseqüências do fenômeno. Ontem(Sexta-feira) o caos na cidade era tamanho, que o governador Luiz Henrique da Silveira precisou conferir de perto a situação. Em Anchieta foram mais de 350 residências atingidas, 1.500 pessoas afetadas e lavouras de soja, milho e fumo destruídas. EmNavegantes, 1,6 mil moradores deixaram suas casas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.