Chuvas deixam cidades isoladas no Mato Grosso

Mato Grosso e Pará estão isolados desde sábado em decorrência das chuvas. A rodovia que faz a ligação entre os dois Estados, a BR-163, também conhecida como Cuiabá-Santarém, está interditada em três trechos, entre os quilômetros 1.012 e 1.014. As cidades de Peixoto de Azevedo, Matupá, Guarantã do Norte e Novo Mundo, localizadas na região, estão isoladas. A chuva abriu no trecho asfaltado uma cratera medindo 12 metros de extensão por 5 de profundidade. Não há feridos. Os prejuízos ainda não foram calculados.Em Peixoto de Azevedo, o asfalto construído recentemente cedeu. As manilhas instaladas para escoar a água foram arrastadas pela correnteza em dois trechos. O rio que leva o mesmo nome da cidade também transbordou e o nível da água chegou a 30 centímetros, atingindo a rodovia. O trânsito estará interrompido nos dois sentidos pelo menos até esta terça-feira, 14, calcula a Polícia Rodoviária Federal (PRF). Centenas de carretas e caminhões estão parados em postos de combustíveis. Quem optar em continuar viagem até o Pará terá que fazer um desvio entre os Estados de Tocantins e Maranhão.Uma equipe do Departamento Nacional de Infra-estrutura e Transporte (Dnit) está no local para providenciar um desvio, mas as chuvas ainda castigam o norte de Mato Grosso. A previsão é de mais chuva na região nos próximos dias.Com 1.764 quilômetros de extensão, a Cuiabá-Santarém é considerada a nova rota para escoar boa parte da produção do Centro-Oeste, hoje exportada pelos portos do Sul e Sudeste do País.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.