Fábio Motta/AE
Fábio Motta/AE

Chuvas deixam mais de 3 mil pessoas fora de casa no Rio

Pior situação é em Belford Roxo; tempestades na Baixada Fluminense já mataram seis pessoas desde quarta

Priscila Trindade, da Central de Notícias,

16 Novembro 2009 | 18h03

A Defesa Civil do Estado do Rio informou na tarde desta segunda-feira, 16, que 3.315 pessoas ainda não retornaram para suas casas após as fortes chuvas que caíram no estado nos últimos dias.

 

Veja também:

linkEm MG, 15 cidades decretam situação de emergência

linkChuva e vendaval deixam estragos em 8 cidades do PR 

 

Na cidade de Belford Roxo, existem 3.039 desalojados e 20 desabrigados. Segundo o órgão, o município teve prejuízos porque a água que transbordou com as chuvas da semana passada não baixou totalmente. Em Tanguá, na região Metropolitana II, são 196 desalojados e 60 desabrigados.

 

As chuvas dos últimos dias deixaram seis pessoas mortas. Três ocorreram em Nova Iguaçu, na quarta-feira, quando um deslizamento de terra atingiu uma casa na Serra do Tinguá, matando dois adultos e uma criança.

 

Ontem, um deslizamento de terra na estrada Rio-Teresópolis atingiu dois veículos, matando um casal e uma criança que ocupavam um dos carros. A via está interditada.

Mais conteúdo sobre:
Rio chuvas

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.