Chuvas e vendavais provocam danos em 14 cidades do Paraná

Mais de 160 pessoas ficaram desabrigadas ou desalojadas; município mais afetado foi União da Vitória

Solange Spigliatti, da Central de Notícias,

23 de setembro de 2009 | 11h53

As chuvas e os vendavais que atingiram o Estado do Paraná entre a noite desta terça-feira, 22, e a manhã desta quarta, 23, atingiram 14 municípios, causando danos e prejuízos e deixando mais de 160 pessoas desabrigadas ou desalojadas, segundo a Defesa Civil do Estado.

 

O município mais afetado foi União da Vitória, na região sul do Estado. Setenta pessoas que residem às margens do Rio Iguaçu ficaram desabrigadas devido à elevação do nível das águas.

 

Na região noroeste, o município de Umuarama teve 27 residências danificadas por fortes ventos. A Coordenadoria Municipal de Defesa Civil forneceu lonas e ainda não há registros de desabrigados ou desalojados. Na região central do Estado, três municípios foram afetados, Pitanga, Telêmaco Borba e Prudentópolis. Neste último, 13 residências foram atingidas por enxurrada, deixando aproximadamente 70 pessoas desalojados e 25 desabrigados.

 

Os municípios da região metropolitana de Almirante Tamandaré, Araucária, Campo Largo, Pinhais e São José dos Pinhais tiveram algumas ocorrências de alagamento e de quedas de árvores. Na capital, foram 10 pontos de alagamentos, seis destelhamentos e três quedas de árvores.

 

Na região norte do Estado, foram registradas algumas ocorrências em Londrina, sendo um destelhamento e três quedas de árvores. No oeste, os municípios de Santa Helena, com 12 residências danificadas, e Cascavel, com 16 residências, foram afetados pelo vendaval da tarde de terça.

Tudo o que sabemos sobre:
chuvasParanádesabrigadosdesalojados

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.