Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Chuvas: emergência em dois municípios pernanbucanos

As chuvas, que caíram hoje em 81 dos 184 municípios pernambucanos, provocaram o desabamento de 40 casas, em Ouricurí, a 630 quilômetros do Recife, onde outras 200 correm o risco de desabar, e deixaram cerca de 600 pessoas desabrigadas. Não houve mortes. O Estado tem em torno de mil desabrigados. Os estragos promovidos pelas águas em Petrolina, no sertão do São Francisco, e em Bezerros, no agreste, levaram as prefeituras dos dois municípios a decretar estado de emergência. Petrolina tem em torno de 50 famílias desabrigadas. Ali choveu nos últimos dias cerca de 300 milímetros, quase um terço da média anual de 1.095 milímetros. Em Bezerros, onde ontem uma ponte e uma passarela foram destruídas pelas águas, o nível do rio Ipojuca, que corta a cidade, continuava alto. Um açude particular estourou ontem e alagou casas na rua Frei Caneca. Caruaru, próximo a Bezerros, no agreste, registra o maior índice acumulado nos últimos 38 anos, com mais de 200 milímetrosem 11 dias.Gravatá, na mesma região, tem 15 famílias desabrigadas e nos municípios próximos, Chã Grande e Jataúba, pontes foramparcialmente destruídas, comprometendo o abastecimento d´água e deixando comunidades ilhadas. Em Trindade, no sertão,estima-se que 70 famílias estão temporariamente sem teto. As chuvas também caíram forte na região metropolitana,especialmente em Igarassu (onde choveu 92 milímetros ontem) e Itapissuma ( 84 milímetros). A prefeitura de Olinda decidiu antecipar o início dos trabalhos da Operação Inverno ? com vistoria em áreas de risco ? como medida preventiva.O agricultor José Francisco de Sena, 73 anos, teve seu corpo encontrado anteontem, no rio Brígida, em Granito, a 592quilômetros da capital. Ele havia desaparecido no domingo depois de tentar atravessar o rio, que estava muito cheio. Duas outrasmortes teriam ocorrido desde o início do mês devido às chuvas ? uma em Cachoeirinha (agreste) e outra em São José doBelmonte (sertão) ? mas ainda não haviam sido confirmadas pela defesa Civil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.