Chuvas não devem atrapalhar réveillon no Rio

Apesar das fortes chuvas que atrapalharamo Natal carioca, a festa de réveillon não está ameaçada e vaiocorrer normalmente com os fogos e shows já programados, afirmaJosé Eduardo Guinle, secretário de Turismo do Município do Riode Janeiro e responsável pelo evento. "Há 15 anos acompanho oano-novo na praia de Copacabana e posso dizer que chuva nuncaimpediu a realização da festa. Quem já planejou vir ao Rio parao réveillon deve manter seus planos porque a comemoração vai serlinda como sempre é." Segundo Guinle, não haverá mudanças naorganização do evento, além da decisão - já tomada há meses - deexplodir os fogos em balsas no mar."Tudo vai acontecer como sempre. Quem vem ao Rio sabeque pode chover e não se assusta por causa disso." O secretáriodisse que a maioria dos turistas compra pacotes e pagaantecipadamente e, portanto, não vai desistir por causa dotempo.Guinle disse que a Secretaria de Turismo pediu aosadministradores dos hotéis da zona sul carioca que eles acalmemos turistas e confirmem que a festa será mantida comoplanejada.Riscos - Segundo o secretário, a chuva não representariscos para o turista, já que todo o esquema foi montado paraevitar incidentes. "A balsa vai resolver o único problema desegurança que existia, que era a explosão de fogos na areia porcausa da chuva", explica. "Mas isso está resolvido e agora oturista está completamente seguro." Atendimeno - O secretário observou queeste ano a organização do evento decidiu aumentar a capacidadede atendimento do pessoal de apoio, como postos de Saúde,Bombeiros e Defesa Civil. "Mas isso não tem relação com achuva. Faz parte das medidas normais para dar mais segurança aoturista durante o espetáculo."Uma novidade deste ano é o aumento no número debanheiros na praia de Copacabana. Segundo Guinle, serãoinstalados 80 banheiros públicos este ano, contra apenas 20 noano passado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.