Chuvas no centro, leste e sul deixam São Paulo em atenção

Segundo a CET, até às 17h30 não tinham sido registrados pontos de alagamento na cidade

Daniela do Canto, do estadao.com.br,

06 de fevereiro de 2010 | 17h34

Embora a chuva já tenha perdido intensidade, a cidade de São Paulo permanece em estado de atenção, informou o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), da Prefeitura, no início da noite deste sábado, 6. A previsão da equipe de meteorologistas é de que as chuvas percam ainda mais intensidade nas próximas horas. A cidade tem seis pontos de alagamento, todos transitáveis.

 

De acordo com imagens de radar, chove forte na zona oeste, principalmente entre os bairros de Rio Pequeno, Raposo Tavares, Vila Sônia e Butantã.

 

Na Zona Norte, a chuva é fraca, com alguns pontos moderados. Entre o Centro e na região Sudeste da cidade, a chuva também é fraca. Na zona sul, a intensidade é moderada, principalmente entre Santo Amaro, Jabaquara, Cidade Ademar e no extremo Sul, na região de Engenheiro Marsilac.

 

Ainda chove forte em cidades da Grande São Paulo, como Diadema, São Bernardo do Campo, Guarulhos e Itaquaquecetuba.

 

Confira os pontos de alagamento (transitáveis) em São Paulo:

 

Ponte Eusébio Matoso, na altura da Praça Jorge de Lima, zona oeste.

 

Rua Maria Coelho Aguiar, altura do número 215, sentido bairro, zona sul.

 

Rua dos Trilhos, no cruzamento com a Rua Taquari, zona leste

 

Avenida Santo Amaro, na altura da Avenida Jornalista Roberto Marinho, sentido Centro, zona sul.

 

Avenida Jurubatuba, na altura da Avenida Jornalista Roberto Marinho, sentido aeroporto, zona sul.

 

Avenida Interlagos, na altura da Avenida Sargento Geraldo Sant'Ana, em ambos os sentidos, zona sul.

 

Informações atualizadas às 19 horas

Mais conteúdo sobre:
chuvaatencaoSao Pauloenchentes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.