Chuvas provocam 3 mortes no Sul do Brasil

Estima-se que mais de 130 mil pessoas foram afetadas no Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul

estadao.com.br,

29 de setembro de 2009 | 19h52

Três mortes foram confirmadas nesta terça-feira, 29, por causa das chuvas que atingem o Sul do Brasil. Uma morte foi registrada em Santa Catarinaduas no Rio Grande do Sul, onde dois homens continuam desaparecidos. Estima-se que mais de 130 mil pessoas foram afetadas nos dois Estados. No Paraná, cerca de 8 cidades estão sem água.

 

Até as 17h, 19 municípios tinham decretado situação de emergência no Rio Grande do Sul. Segundo o último levantamento da Defesa Civil, 5 mil pessoas estão fora de suas casas. No total, são 1.188 desabrigados e 3,6 mil desalojados. O mau tempo também atingiu 7.890 residências.

 

Em Santa Catarina, dados divulgados às 18h45 mostravam que 29 municípios decretaram estado de emergência. O número de atingidos sobe a cada hora e já se registram 1.758 desabrigados e 4.777 desalojados.

 

De acordo com o gerente da Defesa Civil catarinense, Emerson Emerim, a chuva deve continuar durante toda a semana e para o domingo são esperados dois ciclones extras tropicais. "Estamos alertando todas as defesas civis, os bombeiros e a população em geral para essa possibilidade", diz.

 

Estradas

 

Diversas rodovias estaduais do Rio Grande do Sul continuam interditadas por conta de deslizamentos de terra e alagamentos, segundo a Polícia Rodoviária Estadual (PRE). Em Santa Catarina, pelo menos cinco rodovias estaduais apresentam problemas por causa da chuva. Na SC-466, que dá acesso ao estado gaúcho, houve rachaduras da pista e o trânsito foi interditado no quilômetro 71.800.

Tudo o que sabemos sobre:
chuvasvítimas das chuvas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.