Chuvas provocam caos na capital mineira

As chuvas que caem ininterruptamente há dez dias estão provocando transtornos e diversos acidentes na capital mineira eregião metropolitana. Nesta terça-feira, três pessoas da mesma família ficaram feridas após o desabamento de parte de uma casa, no bairro Rosário, em Sabará. A mãe e dois filhos, de um e quatro anos, dormiam em um dos cômodos da residência quando foram atingidos por um muro de arrimo, que cercava a casa e desabou.A mulher, que sofreu fratura nas pernas, e os dois meninos foramlevados para o Hospital de pronto-socorro João XXIII, em BeloHorizonte. A criança de um ano teve escoriações por todo o corpo e o outro menino sofreu traumatismo craniano.Um deslizamento de terra sobre uma residência no Jadirm Alvorada, na capital mineira, deixou três pessoas feridas ? duas mulheres e uma criança, que foram levadas para o Hospital Odilon Berhens. Até o final da tarde, apenas a criança continuava internada em observação.Na região norte da capital, o ribeirão Sarandi transbordou, invadiudiversas casas e inundou ruas e avenidas. Vinte e uma pessoasprecisaram deixar suas casas e foram levadas para abrigos de BeloHorizonte.O Aeroporto da Pampulha permaneceu fechado durante quase todo o dia. Os vôos foram desviados para o Aeroporto Internacional Tancredo Neves, em Confins, na região metropolitana. No final da tarde, Pampulha voltou a operar por aparelhos.De acordo com relatório da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil, 279 pessoas continuam desabrigadas no Estado; 723 casas foram danificadas; 310 destruídas e outras 52 apresentam risco de desabamento.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.