Chuvas provocam estado de atenção em Santos

A chuva intensa que vem caindo desde quarta-feira obrigou a Defesa Civil de Santos a decretar estado de atenção na cidade. Por volta das 3 horas da madrugada, o volume da precipitação atingiu 102,4 milímetros, fato que fez com que os técnicos, atendendo determinação da Plano Preventivo de Defesa Civil (PPDC) tomassem uma série de providências para evitar maiores danos à população.Segundo informou o assessor Fábio Luiz Orlandi Pereira, desde quarta-feira os morros vêm recebendo vistorias constantes. "A sorte é que até agora não constatamos danos de maior monta. Mas o problema é que se as chuvas continuarem com a mesma intensidade, nossa preocupação certamente irá aumentar", argumentou.Cerca de 20 técnicos da Defesa Civil estão a postos para atender qualquer emergência, como por exemplo a remoção de pessoas que habitam as encostas dos 17 morros santistas. "Mas se houver necessidade, nós contamos com a retaguarda de 170 funcionários, que poderão ser recrutados numa eventual emergência", disse.Nas demais cidades da Baixada, a chuva constante, intercalada por fortes pancadas, provocou apenas alagamentos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.