Chuvas, vendavais e granizo castigam 4 cidades em Sergipe

Em Canindé, um dos municípios atingidos, 64 famíliares tiveram de deixar suas casas após elas serem danificadas

Priscila Trindade, da Central de Notícias,

12 de janeiro de 2010 | 19h27

Fortes vendavais e temporais que atingiram parte de Sergipe na madrugada desta terça-feira, 12, causaram danos em quatro municípios. As áreas atingidas, segundo a Defesa Civil Estadual, são: Canindé de São Francisco, Porto da Folha, Gararu e Poço Redondo.

 

Em Canindé, a chuva de granizo danificou 50 imóveis e 64 famílias tiveram que deixar suas casas. Outras dez construções próximas ao povoado de Capim Grosso, em Canindé, ficaram destruídas.

 

Moradores de Porto da Folha ficaram sem energia durante a madrugada. O temporal destruiu dez casas e derrubou parte do muro de uma creche, além do telhado do Estádio Caio Feitosa. No município de Gararu, três casas foram destruídas e 8 danificadas.

 

Em todo o Estado, o temporal prejudicou plantações e a criação de gado de algumas áreas. Equipes da Defesa Civil estão nos locais atingidos para auxiliar famílias. Não há registros de mortos e feridos.

 

MINAS GERAIS

 

Ventos de 112 km/h atingiram a cidade mineira de Curvelo por volta das 18h desta tarde de terça-feira, 12, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia/Climatempo. O município, que fica na região central de Minas Gerais e a 170 km de distância de Belo Horizonte, teve dezenas de destelhamentos após temporal que durou das 17h às 18h, acumulando 37,8 milímetros.

 

As nuvens pesadas que provocaram o temporal se formaram por causa do calor das altas temperaturas registradas durante todo o dia. A máxima na cidade foi de 33,5ºC.

Mais conteúdo sobre:
mau tempo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.