Cid Gomes não vai a debate em TV de Tasso

Candidato ao governo do Ceará pelo PSB classificou a realização do encontro na emissora do senador tucano como 'suspeita'

Carmen Pompeu, O Estado de S.Paulo

14 de agosto de 2010 | 00h00

O governador do Ceará, Cid Gomes (PSB), candidato à reeleição, avisou que não vai ao debate da TV Jangadeiro (afiliada do SBT), marcado para o dia 19. Sem citar nomes, ele apontou entre os motivos para não participar o fato de a emissora ter um político entre seus donos. O senador Tasso Jereissati (PSDB) é um dos sócios minoritários da TV.

Questionado por uma repórter da Jangadeiro se iria ao encontro, o governador respondeu que não e alegou ser "suspeita a realização de debate quando a TV tem um dos candidatos". "Havia problemas de regras naquele debate da TV Jangadeiro, que é de propriedade de um dos candidatos", afirmou.

Ex-aliado de Cid, Tasso tenta se reeleger ao Senado e apoia o deputado Marcos Cals (PSDB) na disputa pelo governo estadual.

De acordo com a assessoria do governador, o principal motivo para o não comparecimento seria um conflito de agenda.

Cid Gomes teria tentado junto à TV Jangadeiro mudar a data do encontro, pois no mesmo dia ele cumpre agenda como governador na Segunda Conferência Internacional sobre Clima, Sustentabilidade e Desenvolvimento em Regiões Semiáridas (ICID+18), em Fortaleza.

Ainda segundo a assessoria do governador, a TV Jangadeiro não aceitou mudar a data do debate porque esta já teria sido acertada com o SBT e já constava na grade nacional da emissora.

Perguntas. Cid, irmão do deputado Ciro Gomes, também sugeriu que as perguntas elaboradas por convidados fossem gravadas e não ao vivo. Mais uma vez, a emissora não aceitou as sugestões.

De acordo com o diretor de jornalismo da TV Jangadeiro, Chagas Vieira, as regras do debate são as mesmas do realizado em 2006, que contou com a participação de Cid.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.