Cid Gomes tem propaganda suspensa

CEARÁ

, O Estadao de S.Paulo

17 de março de 2010 | 00h00

O Tribunal Regional Eleitoral no Ceará determinou ao governo do Estado a suspensão de propaganda institucional sob pena de multa diária de R$ 5 mil. Segundo o juiz eleitoral Heráclito Vieira de Sousa Neto, o governador Cid Gomes (foto), do PSB, foi beneficiado por "propaganda eleitoral antecipada subliminar" em anúncios veiculados desde o dia 24 de fevereiro na mídia local. Embora ele não apareça e seu nome não seja citado, os anúncios teriam pontos que ferem o artigo 36 da lei 9.504/97.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.