Cid incorpora Ciro e diz que Transportes é ''antro de roubalheira''

Ao reclamar dos buracos nas rodovias federais no Ceará, governador chama Alfredo Nascimento de ''inepto'' e ''desonesto''

Carmen Pompeu, O Estado de S.Paulo

10 de maio de 2011 | 00h00

ESPECIAL PARA O ESTADO

FORTALEZA

Num estilo ácido e direto que lembrou o do irmão Ciro, o governador do Ceará, Cid Gomes (PSB), fez duras críticas ontem ao Ministério dos Transportes e ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (Dnit). Cid responsabilizou os órgãos pelas péssimas condições das rodovias federais que cortam o Ceará e chamou o ministro Alfredo Nascimento de "inepto, incompetente e desonesto".

O governador classificou o ministério e o Dnit de "laia" e "antro de roubalheira" e marcou para segunda-feira um "rali" na BR-222, como forma de protesto contra o excesso de buracos.

"O Ministério dos Transportes tem tratado o Ceará de forma desigual e descompromissada. Nenhum Estado tem uma situação tão caótica, principalmente em se tratando da BR-222", afirmou Cid em Sobral, no sábado. O governador disse querer levar a queixa pessoalmente à presidente Dilma Rousseff.

Internet. As críticas ao ministro foram gravados pelo radialista Walter Lessa, da Rede Jangadeiro FM Sobral, e acabaram na internet. "É um ministro inepto, incompetente e desonesto que, à frente desse ministério já há vários anos, tem discriminado o Estado do Ceará e feito com que as nossas BRs tenham características absolutamente diferentes."

O cearense propôs à bancada federal do Estado que boicotasse temas de interesse do ministério. "Precisamos denunciar esse descaso do ministro dos Transportes e da sua laia do Dnit - aquilo ali é uma laia, um antro de roubalheira, o ministério e o Dnit - para que a gente possa ter aqui os investimentos necessários para que a população, enfim, possa transitar em segurança."

Em nota, o ministério informou que o Ceará vai receber R$ 456 milhões em recuperação e manutenção da malha federal e que a retomada dessas obras é "iminente". O texto afirma que Nascimento ficou "surpreso" com as declarações de Cid e que o governador nunca procurou a pasta para tratar do assunto.

Afiado

CID GOMES

GOVERNADOR DO CEARÁ

"(Alfredo Nascimento) É um ministro inepto, incompetente e desonesto"

"É uma laia, um antro de roubalheira, o ministério e o Dnit"

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.