Cidade de Aparecida está infestada de escorpiões

O prefeito da cidade de Aparecida, José Luiz Rodrigues (PSDB), está convocando a população a combater a infestação de escorpiões no município. A ação de combate contra os escorpiões foi intensificada depois que o estudante Gilson Ribeiro, de 7 anos, morreu, vítima de picada de escorpião.O menino, que fora picado ao se enxugar em uma toalha, morava no bairro de Ponte Alto e chegou a ficar internado durante sete dias. Nesta semana, 1.500 panfletos foram distribuídos com orientações para que as pessoas se previnam contra a ação dos escorpiões, que são localizados facilmente em qualquer ponto da cidade.Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, só neste ano 11 pessoas foram picadas pelo animal peçonhento. O problema da infestação de escorpião em Aparecida se arrasta há mais de dez anos. Em 1991, a prefeitura fez um estudo do problema em parceria com a Unesp (Universidade Estadual Paulista) de Botucatu (SP) e detectou que a situação poderia ser controlada se houvesse uma campanha intensiva de combate ao escorpião.Segundo o engenheiro agrônomo que participou do estudo na época, Clóvis Whinter Yassuda, o trabalho começou a ser feito, mas não teve continuidade em outras administrações. ?As ações de combate à espécie não foram continuadas. Houve uma interrupção desse trabalho, o que faz com que os escorpiões apareçam cada vez mais.?Entre as ações, o agrônomo cita aplicações de produtos químicos, conscientização constante da população para o problema e o acondicionamento correto do lixo. ?A extinção do problema não existe. Existe o controle, que pode ser conseguido com as ações conjuntas.?Segundo o prefeito José Luiz Rodrigues, o município desenvolve, através da Vigilância Sanitária, um trabalho permanente na cidade, mas o problema está nas residências e terrenos que acumulam entulhos e lixo. ?Vamos ter que acionar a Justiça para conseguir autorização e entrar nas casas para retirar o lixo.? Em todo o Estado de São Paulo, só neste ano, três pessoas morreram vítimas de picada de escorpião e 363 casos foram notificados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.